NOTÍCIAS VIVA MAIS

Câncer de Pâncreas: Veja quais os famosos que morreram por conta da doença

O pâncreas é um órgão que está localizado na região posterior do abdômen, chamada retroperitônio. Essa região está em contato com as principais artérias e veias que promovem a circulação do sangue para os órgãos do aparelho digestivo e tem a função de produzir substâncias que ajudam na digestão dos alimentos, além de hormônios como a insulina, que é responsável pelo controle do açúcar no sangue. Já o câncer de pâncreas, é decorrente da proliferação anormal e desordenada de células pancreáticas que sofreram mutações. Estas células cancerígenas podem invadir outros tecidos e órgãos, o que leva ao mau funcionamento dos mesmos e, em situações avançadas, à morte do paciente.

Por se tratar de um tumor de difícil detecção e de diagnóstico tardio, o câncer de pâncreas apresenta alta taxa de mortalidade. Dentre as vitimas famosas da doença, estão o fundador da Apple, Steve Jobs, o ator Patrick Swayze, personagem principal do filme "Ghost - Do Outro Lado da Vida" (1990), o tenor italiano, Luciano Pavarotti, e o ator brasileiro, Raul Cortez.

O câncer de pâncreas normalmente demora a apresentar sintomas, sendo os mais comuns:
- Emagrecimento;
- Falta de apetite;
- Dor no abdômen e nas costas;
- Icterícia, aquela coloração amarelada na pele e nos olhos;
- Em pacientes idosos, o surgimento recente de diabetes pode ser um sinal de tumor de pâncreas.

O principal exame para o diagnóstico de câncer de pâncreas é a tomografia computadorizada, que também pode ser substituída pela ressonância magnética do abdômen. Existe ainda o exame de sangue, a dosagem de uma substância chamada CA199, que pode auxiliar o médico no diagnóstico e acompanhamento dos pacientes. É importante ressaltar, no entanto, que o exame CA199, isoladamente, não faz diagnóstico de câncer de pâncreas, pois o mesmo também pode estar elevado em outras doenças.

De acordo com o médico oncologista, Alexandre Albuquerque, “quando o paciente é diagnosticado precocemente, e é tratado de maneira adequada por profissionais experientes, há um aumento significativo da chace de cura. Porém, infelizmente, a grande maioria dos pacientes são diagnosticados com doença avançada, quando a chance de cura é pequena”. Dr. Alexandre ainda acrescenta que a melhor forma de prevenir o câncer é ter um hábito de vida saudável. Deve-se abandonar o cigarro, evitar o uso excessivo de bebidas alcoólicas, praticar atividades físicas regularmente, evitar o excesso de peso e ter uma alimentação saudável rica em frutas e verduras e com menor consumo de carnes e alimentos industrializados.