NOSSAS ENTREVISTAS

Tema: Suplementação Alimentar

 (071) 92... Ver mais >

Viva Mais Viva Melhor – Você já ouviu falar de suplementos nutricionais? Eles já fazem parte da rotina de muita gente e servem para complementar a dieta diária de uma pessoa saudável nos casos em que a ingestão de determinados nutrientes a partir da alimentação seja insuficiente. Porém é muito importante ressaltar que a individualização do tratamento é fundamental e para tanto podem ser utilizadas formulações específicas manipuladas conforme a necessidade de cada um. Numa série especial, hoje Viva Mais Viva Melhor convida Camila Avelar, nutricionista, que vai conversar conosco sobre os benefícios e tendências deste mercado que está em plena expansão. 

Primeiramente, Camila, explica para os nossos ouvintes o que são e para que servem os suplementos nutricionais.
Camila Avelar – Suplementos nutricionais são estratégias muito comuns que nós nutricionistas e outros profissionais da área de saúde, como médico por exemplo, utiliza para estar oferecendo determinados nutracêuticos ou princípios bioativos ou nutrientes em maior quantidade para os nossos pacientes. É uma excelente estratégia e eles servem para ampliar o aporte desses nutrientes na dieta, caso algum destes indivíduos não estejam conseguindo alcançar as necessidades diárias.

Viva Mais Viva Melhor – Qual que é a diferença entre um alimento funcional, nutracêuticos e suplemento alimentar?
Camila Avelar – Alimentos funcionais são alimentos que têm a capacidade de melhorar funções orgânicas e metabólicas no nosso corpo porque eles são ricos em compostos bioativos e fitoquímicos com propriedades funcionais para estarem melhorando essas nossas funções. Nutracêuticos são essas propriedades de forma isolada. Então eu posso isolar um nutriente, isolar um composto bioativos, isolar um fitoquímico e fornecer isso na forma de um suplemento alimentar, por exemplo. Nutracêuticos são essas substâncias e esses nutrientes e fitoquímicos compostos bioativos isolados e o suplemento alimentar a gente vai pegar estes nutracêuticos e vai dar em alguma forma, que pode ser em cápsula, em pó, em sachê. Normalmente estas são as principais diferenças de forma bem geral.

Viva Mais Viva Melhor – Existe diferença entre os suplementos comercializados já prontos e voltados para o ganho de massa muscular, como por exemplo Whey Protein, BCAA e etc.? Ou os que são manipulados em farmácia de manipulação?
Camila Avelar – Existe sim, existem grandes diferenças. Por quê? Normalmente produtos prontos e comercializados precisam de alguns conservantes, na grande maioria das vezes corantes e uns outros estabilizantes para que tenham um tempo de prateleira maior, por isso que eles têm uma validade muito mais ampla do que um produto manipulado. Ao passo que um produto manipulado a gente pode ter estes mesmos constituintes, os de nutrientes compostos bioativos que os suplementos comercializados já prontos, mas a gente pode extrair estas substâncias que não são tão legais para o consumo diário e a gente pode colocar a quantidade que a gente quer e individualizar isso de acordo com a necessidade de cada paciente. Produzir e fazer manipulações, suplementos manipulados.

Viva Mais Viva Melhor – Quais são os benefícios dos suplementos nutricionais manipulados? Por que que nós precisamos deles?
Camila Avelar – Como eu falei anteriormente, são grandes estratégias que a gente consegue fazer com que os nossos pacientes consumam mais determinados nutrientes que eles não conseguem, por exemplo, ingerir num plano alimentar mesmo que esse plano alimentar seja equilibrado. Vou dar um exemplo, uma paciente que esteja gestando, que esteja querendo engravidar, por exemplo, mesmo ela comendo alimentos ricos em ácido fólico, normalmente a gente não vai alcançar a necessidade dela nesse período específico e a gente vai precisar utilizar suplementos à base desse nutriente, para que a gente consiga fornecer o aporte que ela precisa. Então não só para a gestante, mas para quem está praticando alguma atividade ou que tenha uma necessidade aumentada, a gente acaba que pode se beneficiar desses suplementos.

Viva Mais Viva Melhor – E qual que é a base? Quais são os principais ingredientes utilizados na formulação dos suplementos nutricionais?
Camila Avelar – A gente tem uma gama muito grande. A gente tem bastante variedade. A gente tem desde os aminoácidos isolados, compostos proteicos de proteína vegetal, proteína animal, a gente tem fitoquímicos, compostos bioativos como resveratrol, catequinas presentes no chá verde, tem suplementos à base de fitoterápicos para modular determinadas alterações orgânicas e metabólicas e a gente também tem suplementos à base de micronutrientes, por exemplo vitaminas e minerais. De forma geral estes são os principais, as principais composições, os ingredientes utilizados nessas formulações.

Viva Mais Viva Melhor – Existem estudos que comprovem a eficácia dessas opções terapêuticas nas atividades físicas ou mesmo para o emagrecimento, por exemplo?
Camila Avelar – Existe sim. Na verdade, a suplementação é uma estratégia para fornecer aquilo, como eu já falei, em uma quantidade melhor e adequada. Então existem sim evidências científicas de que em determinadas situações ou para determinados objetivos a gente pode estar trabalhando com alguns fitoquímicos que ajudam no emagrecimento. Claro que tudo isso aliado a um plano alimentar equilibrado e individualizado e a gente pode também estar favorecendo o ganho de massa muscular com o uso de alguns aminoácidos e aporte proteico maior, com individualização deste aporte proteico e isso também está muito bem referenciado na literatura e vários trabalhos científicos já falam isso. Não só de nutrientes e proteínas, mas também de fitoterápicos, a gente tem evidência sim que pode melhorar, mas como eu falei, tem que ter uma individualização e uma avaliação da necessidade de cada paciente. 

Viva Mais Viva Melhor – Quando a ingestão ou mesmo a absorção de alimentos numa dieta é limitada, a suplementação de nutrientes pode ser útil para se alcançar as doses diárias recomendadas?
Camila Avelar – Com certeza! A suplementação entra como um facilitador no equilíbrio de um plano alimentar. Então um indivíduo que tenha alergia a algum alimento, por exemplo, que é rico em determinada fonte de nutriente, que é uma fonte de um nutriente ou que ele não gosta de consumir aquele alimento. Então o suplemento nutricional já ajuda bastante nós prescritores e profissionais a estar ampliando o aporte desses compostos na dieta. Então é um grande aliado na prática clínica diária da gente.

Viva Mais Viva Melhor – Suplementos nutricionais podem substituir, por exemplo, a alimentação regular? 

Camila Avelar – De forma alguma! Como eu falei aqui durante esta entrevista, os suplementos atuam como coadjuvantes na terapêutica, no tratamento do paciente. Então o principal, a gente precisa começar eu diria que pelo começo e o começo é mudando o hábito alimentar e o estilo de vida que é o mais importante. Então é coadjuvante, são estratégias que vão auxiliar melhor o tratamento, mas o plano alimentar é prioridade e ele deve estar sendo colocado de forma muito clara para os pacientes para que eles entendam que isso é o primeiro passo, suplementações são passos para ajudar a seguir este primeiro passo, na verdade, mas a alimentação é prioridade.

Viva Mais Viva Melhor – Camila, qualquer um pode tomar estes suplementos nutricionais ou é necessária uma prescrição médica ou mesmo de um nutricionista?

Camila Avelar – Com certeza é imprescindível, Olga, uma prescrição médica ou de nutricionista, porque as pessoas têm particularidades genéticas, bioquímicas e até alterações orgânicas ou doenças. Então isso precisa ser avaliado por um profissional responsável e daí sim a gente vai avaliar se este indivíduo pode tomar, qual que é a dose que ele deve tomar e qual que é a frequência que ele pode estar ingerindo estes suplementos. Então de forma alguma eu indicaria ou eu sugeriria que os pacientes procurem uma farmácia ou uma loja de produtos e vão utilizar estes suplementos de forma isolada. A gente pode estar causando um grande desequilíbrio em metabolismo dos rins, do fígado e as vezes até competindo com alguma medicação que alguns desses indivíduos possam estar utilizando. Então é de suma importância buscar um profissional antes de utilizar suplementos nutricionais, com certeza. E o nutricionista, claro, tem que estar avaliando a dieta para ver qual que é o papel deste suplemento e onde que ele vai estar sendo inserido.

Viva Mais Viva Melhor – Você acredita que ainda exista desinformação por parte dos usuários sobre o conceito dos suplementos nutricionais?

Camila Avelar – Com certeza! Porque as pessoas acham, tem um ditado que fala assim “se bem não fizer, mal não vai fazer”, mas faz, pode fazer sim, pode fazer muito mal. Já atendi diversos pacientes com casos de aumento de enzimas hepáticas por uso crônico de suplementos e alteração da função renal por uso crônico de alguns suplementos que não eram indicados, eram suplementos que não são até indicados para ninguém consumir, ou seja, são proibidos pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) e as pessoas estavam consumindo isso por um apelo de emagrecimento e ganho de massa. Então é importantíssimo que as pessoas busquem informação porque ainda há muito essa questão de que ‘suplemento nutricional qualquer um pode fazer e eu posso buscar um e começar a tomar’, então isso eu não indico para ninguém.

Viva Mais Viva Melhor – Eu queria ouvir seu posicionamento sobre a utilização de suplemento sem orientação profissional para adolescentes praticantes de musculação em academias. Uma pessoa corre risco caso resolva tomar suplementos por conta própria?

Camila Avelar – Com certeza! Como eu falei anteriormente, Olga, já que você falou em praticantes de musculação, quando a gente pensa em musculação e ganho de massa muscular muitas vezes a gente já associa ao uso de suplementos proteicos. Proteína é algo que precisa ser avaliado em ingestão global do indivíduo, quanto que ele ingere de proteína no dia, para que não haja nenhum impacto na função renal e nem na função hepática. E em adolescentes principalmente, porque estão em fase de maturação sexual e até diria de crescimento também. Então isso precisa ser avaliado para que seja adequada essa prescrição de suplementos para a necessidade diária e de cada faixa etária. Então tem que ter uma avaliação profissional disso aí, porque risco existe sim.

Viva Mais Viva Melhor – E quais as tendências do mercado de suplementos nutricionais na prática clínica e esportiva?

Camila Avelar – Então, como eu falei para você, há uma tendência muito grande hoje na individualização desta prescrição, porque algo que fica na prateleira as vezes não é indicado com pessoas com o mesmo objetivo, porque estas pessoas têm particularidades genéticas e bioquímicas. Então a tendência hoje de mercado de suplementos de prática clínica e esportiva é a individualização e também, Olga, a exclusão de aditivos químicos destes produtos. Então há uma tendência hoje de retirar corante, conservantes, edulcorantes destes produtos, porque já está mais do que comprovado que tem malefícios no uso diário, no uso constante destes aditivos. 

Viva Mais Viva Melhor – Bom, para finalizar, o que os suplementos nutricionais representam para o mercado alimentício brasileiro? Qual que é o futuro deste setor?

Camila Avelar – É um setor que está em ascensão e eu diria que vai continuar, porque como eu falei, as pessoas vivem num ritmo de vida muito acelerada, a vida moderna não permite, às vezes, uma quantidade, uma tranquilidade, um tempo maior para que as pessoas consigam organizar sua dieta de forma mais saudável possível. Às vezes, o suplemento é uma estratégia de estar compondo uma alimentação que naquele momento não teria condição de ser feita da melhor forma possível. Então as pessoas estão buscando mais isso, os profissionais estão prescrevendo bastante por conta dessa dificuldade que a gente encontra hoje mesmo incentivando bons hábitos alimentares e eu diria que é um mercado que está crescendo bastante. Ele está crescendo e o mais importante é que ele está crescendo e a consciência de usar menos produtos químicos nestes suplementos também está crescendo e isso é o mais bacana. Então eu diria que é uma ascensão para este setor.

Viva Mais Viva Melhor – Conversamos com Camila Avelar, nutricionista. Camila, muito obrigada e até a próxima.