NOSSOS VÍDEOS

Pergunte ao Especialista André Goyanna sobre Embolização de Miomas

 (071) 32... Ver mais >

Olga Goulart – O pergunte ao especialista é um espaço reservado ao público do Portal vivamaisvivamelhor.com que tem a finalidade de tirar as suas dúvidas sobre os mais variados temas relacionados a saúde e bem-estar da população. Hoje vamos falar sobre a embolização de miomas, um procedimento ainda pouco conhecido, mas muito seguro e eficaz. E quem vai responder as perguntas dos internautas é o médico especialista em radiologia intervencionista, o doutor André Goyanna.

Doutor, a primeira pergunta é da internauta Fabiana Santos, a partir de que idade essa doença se manifesta e quais são os sintomas?

Dr. André Goyanna – Bom Fabiana, os miomas aparecem geralmente na idade fértil da paciente, ou seja, desde a primeira menstruação até a menopausa eles podem aparecer. É óbvio que eles tenham um predomínio em determinada faixa etária, geralmente são nas pacientes em torno dos 40 anos. Então seria em torno dos 40 anos é onde eles mais aparecem, causam mais sintomas. Abaixo dos 20 anos é muito raro e próximo da menopausa o aparecimento de miomas também é muito raro.

Olga Goulart – Uma internauta anônima, doutor, quer fazer o seguinte: Posso fazer embolização em mais de um mioma?

Dr. André Goyanna – Claro. Nós conseguimos embolizar diversos miomas ao mesmo tempo. A técnica permite que sejam embolizados mais de um mioma presente no útero da paciente num procedimento único, inclusive miomas que dificilmente eram vistos em exames de imagem, após a embolização, como eles necrosam, eles morrem, a gente consegue identificar nos exames pós-operatórios.

Olga Goulart – Agora a pergunta vem de Maria Luiza que enviou essa pergunta através das redes sociais: Doutor, o mioma é um tipo de câncer? 

Dr. André Goyanna – Não, Maria Luiza. O mioma é um tumor benigno. É um tumor que diferentemente do câncer ele não tem um potencial de se espalhar para outros órgãos, de invadir estruturas vizinhas, nem de metastatizar, ou seja, ir parar para outros locais tipo pulmão, fígado. É um tumor benigno, o único problema que acontece é quando ele cresce e pode dar sintomas, tipo sangramento, a sensação de peso, ele pode crescer muito e ocupar grande parte do volume do útero. Esse é o problema do mioma, mas ele não é um câncer.

Olga Goulart – Ok. Doutor André, tem um internauta agora que não se identifica, também anônimo, perguntando se o mioma pode ser expelido naturalmente.

Dr. André Goyanna – Alguns miomas, os que estão dentro da cavidade do útero, eles podem espontaneamente serem expelidos. Alguns miomas pós-embolização, a gente consegue também com que o próprio organismo elimine ele pós-procedimento, porque a gente acaba soltando ele do útero e ele acaba caindo dentro da cavidade e o mioma é expelido.

Olga Goulart – Ok. Agora a pergunta é de Léia Almeida: Doutor, muitos médicos, ao descobrirem os miomas das mulheres, dizem que não tem nada a fazer porque são pequenos, não há remédio para evitar esse crescimento ou é possível fazer logo uma cirurgia?

Dr. André Goyanna – Léia, a grande maioria dos miomas são identificados realmente de maneira espontânea, em exames de rotina os pacientes encontram os miomas. Só vale a pena tratar os miomas que estão dando sintoma, porque como a gente já havia falado antes, são nódulos benignos e que não tem potencial de agressividade, de ir para outro órgão, de causar a morte, digamos assim. Então o mioma é um nódulo benigno que tem que ser encarado como tal, a não ser que ele esteja dando sintomas, vários sintomas, aí você deve realmente tratar, no caso dos miomas pequenos apenas o acompanhamento é necessário.

Olga Goulart – Ok. Dessa vez é uma internauta também anônima que pergunta se a embolização de mioma tem risco.

Dr. André Goyanna – A embolização de mioma ela tem risco semelhante a qualquer outro procedimento cirúrgico, sendo que o período de melhora em termos de convalescência, o período que ela vai ficar em casa se recuperando é inferior a diversos outros procedimentos. Então é um procedimento que comparativamente com qualquer outro tipo de cirurgia os riscos são iguais, sendo que o tempo de pós-operatório e de sintomas em casa em relação a muitos outros procedimentos ele é menor.

Olga Goulart – Certo. Lindomar Oliveira quer saber o seguinte: Extrair um mioma, doutor, deixa a mulher sem desejo sexual ou não muda nada na vida da mulher?

Dr. André Goyanna – Lindomar, o mioma ele não tem relação alguma com a parte do desejo sexual, a questçao do desejo sexual muitas vezes está relacionada a questão hormonal, isso tem a ver com os ovários, o mioma está no útero, então é uma estrutura à parte dos ovários. Então o mioma não interfere em nada com relação ao desejo, a não ser naquelas pacientes que tem dor durante a relação e que realmente o mioma pode ser um impeditivo com relação a parte do desejo sexual. Uma vez embolizado, uma vez tratado esse mioma a melhora desses sintomas aparece e melhora com relação a parte do desejo.

Olga Goulart – Ok. Agora a dúvida é de Cisinha Brito, ela pergunta o seguinte: Doutor, o mioma só é percebido quando feito um exame de imagem ou ainda quando a mulher começa a sentir desconforto com o aumento do fluxo menstrual?

Dr. André Goyanna – Cisinha, como a gente havia falado, os miomas na grande maioria são identificados em exames de imagem. No entanto, aquelas pacientes que não se submetem rotineiramente a exames periódicos, elas realmente podem ser flagradas ou podem ser surpreendidas com sangramento, dor no pé da barriga, ir muito ao banheiro e quando vai fazer o exame descobre o mioma. Geralmente os miomas a maioria são encontrados em exames de rotina, de Ultrassom, mas podem ter pacientes realmente que abrem um quadro sem ter feito exame nenhum e os sintomas que vão dizer o que ela está tendo.

Olga Goulart – Essa internauta agora está com o primeiro nome abreviado e o sobrenome Costa e a pergunta dela é a seguinte: A embolização de mioma, doutor, pode ser feita em qualquer idade?

Dr. André Goyanna – Sim, a embolização de mioma não tem critério nenhum com relação a faixa etária. A embolização está indicada no tratamento das pacientes que tenham sintomas, independentemente da idade. Se a paciente tem 50 anos, 60 anos e tem um sintoma que está sintomático ela pode ser submetida sim a embolização, assim como o paciente jovem que teve como a única alternativa para ela para conseguir tratar de maneira eficaz e segura aquele mioma dela a embolização a gente tem que fazer o procedimento, porque é um procedimento médico e é consagrado no mundo inteiro.

Olga Goulart – Ok. Conversamos com o doutor André Goyanna, especialista em radiologia intervencionista. Doutor, muito obrigada pelos esclarecimentos e até a próxima oportunidade.