NOSSOS VÍDEOS

Vídeo Completo - Série Tratamento Ortodôntico

 (071) 99... Ver mais >

Série Tratamento Ortodôntico

Quando procurar um especialista em ortodontia?
O ideal é que a primeira avaliação do paciente seja feita em torno dos sete anos de idade. O exame precoce de uma criança permite que o ortodontista avalie e detecte problemas ortodônticos e planejem algum tipo de intervenção se necessário naquele momento, caso contrário ele orientará aos pais para retornarem uma outra época para um novo exame ou até mesmo para iniciar o tratamento ortodôntico corretivo. A criança que está sendo acompanhada por um odontopediatra pode ser encaminhada para um ortodontista a qualquer momento, desde que o profissional observe alguma alteração na dentição que mereça uma maior atenção. Raramente alguma intervenção é realizada antes dos quatro anos de idade da criança, por conta da falta de colaboração por parte desta.

Qual a origem dos problemas ortodônticos?
Problemas ortodônticos, tanto dentários quanto esqueléticos, podem ter origem hereditária, ou seja, serem transmitidos de pais para filho. O tamanho dos ossos maxilares e o tamanho dos dentes são típicas influências familiares hereditárias. Outro grupo de problemas são os adquiridos durante a vida do indivíduo, pela sucção de chupeta, dedo, por problemas respiratórios, cáries dentárias, perda de dentes ou até mesmo traumatismos.

O que é o tratamento precoce e interceptativo?
Se durante o exame da criança o ortodontista detectar algum problema que exija intervenção imediada, estará indicando um tratamento interceptativo. Esse tipo de abordagem pode alcançar resultados que não seriam possíveis após o término do crescimento da face e seu objetivo é diminuir a gravidade do problema reduzindo a complexidade do futuro tratamento corretivo.

Quais são os benefícios do tratamento interceptativo?
Possibilitar a eliminação de hábito de sucção de dedo ou chupeta, hábito de interposição de língua e hábitos de postura de lábios, permitir o desenvolvimento normal da fala, avaliar a existência de problemas respiratórios que possam afetar o crescimento da face, corrigir mordidas cruzadas que estejam presentes, garantir que os dentes se relacionem de maneira adequada durante a mastigação e deglutição, bem como melhorar a autoestima do paciente.

Quando é necessário extrair dentes permanentes no tratamento ortodôntico?
Em algumas situações, o ortodontista precisa solicitar extrações dentárias para obter uma oclusão estável e uma boa harmonia facial. Normalmente, extrações de dentes permanentes são solicitadas quando existe falta de espaço para o correto alinhamento dos dentes e/ou quando os dentes anteriores apresentam-se muito projetados, ou seja, inclinados para frente, comprometendo o selamento labial e a beleza da face.