NOSSOS VÍDEOS

Vídeo Completo - Série Glaucoma

Viva Mais Viva Melhor – O que é glaucoma e de que forma ele pode se desenvolver nas pessoas?
Dr. Honassys Rocha – O glaucoma é uma doença associada a perda do campo de visão de fora para dentro. Na maioria dos casos essa lesão é fruto da pressão do olho alta, o que impede a nutrição sanguínea adequada do nervo óptico. Pode ser dos tipos ângulo aberto ou ângulo fechado, sendo o primeiro correspondente a mais de 95% dos casos.

Viva Mais Viva Melhor – Quais os sinais e sintomas do glaucoma?
Dr. Honassys Rocha – Usualmente o glaucoma não apresenta nenhum sinal ou sintoma. Alguns poucos casos se evidenciam através de dor. Estes casos estão relacionados a pressão do olho muito alta e geralmente quando estas pessoas nos procuram elas já têm uma importante perda do campo visual.

Viva Mais Viva Melhor – Como fazer para diagnosticar o glaucoma precocemente?
Dr. Honassys Rocha – A melhor forma de diagnosticar precocemente o glaucoma é através da visita regular ao oftalmologista, principalmente daquelas pessoas que têm pressão ocular alta, idade acima de 40 anos, história familiar positiva para esta doença e pessoas de pele negra. Além disso, os portadores das seguintes condições como miopia, pressão alta, pressão baixa, diabetes ou aquelas que usam cronicamente corticoides na forma de colírios ou na forma de comprimidos também têm um risco aumentado de desenvolver o glaucoma.

Viva Mais Viva Melhor – Quais as opções de tratamento disponíveis para controlar o glaucoma?
Dr. Honassys Rocha – O tratamento do glaucoma pode ser feito com o laser, sendo o principal o SLT, ou trabeculoplastia seletiva a laser, e também através de colírios que reduzem a pressão intraocular. Caso estas modalidades de tratamento sejam insuficientes para o controle da doença nós podemos recorrer a cirurgia. A trabeculoplastia seletiva a laser é uma técnica de tratamento de glaucoma que permite substituir um colírio por cerca de 18 meses. Esta técnica existe nos Estados Unidos a mais de 10 anos e tivemos a felicidade de trazê-la para a Bahia em 2014. O laser atua melhorando o sistema de drenagem do líquido que dá pressão ao olho. Imagine a pressão do olho sendo fruto de uma torneira aberta e um ralo drenando o líquido. O laser vai atuar sobre o ralo, limpando este ralo e fazendo com que ele funcione melhor e, desta forma, reduz a pressão intraocular e controla o glaucoma.

Viva Mais Viva Melhor – Como proceder após a realização da SLT? É preciso dar continuidade ao tratamento utilizando colírios?
Dr. Honassys Rocha – A trabeculoplastia seletiva a laser é um procedimento ambulatorial, sem a necessidade de internação hospitalar. O paciente pode trabalhar normalmente após o procedimento. Este procedimento a laser é muito suave e bem tolerado, ele não é invasivo. Suas complicações são raras e, quando ocorrem, geralmente são leves. Nós prescrevemos um colírio para tratar a dor caso ela aconteça. As revisões são no dia seguinte e na semana seguinte. O laser pode ser combinado ao tratamento com colírios e usualmente reduz a necessidade destes. É muito importante que o paciente continue a fazer suas visitas periódicas ao médico oftalmologista para verificar se existe a necessidade de reaplicação do laser ou de modificação da sua prescrição.

Viva Mais Viva Melhor – O glaucoma pode deixar o paciente cego?
Dr. Honassys Rocha – O glaucoma é importante causa de cegueira irreversível no Brasil e no mundo, daí a importância da sua prevenção. Já que não podemos revertê-la, é muito importante conter a perda do campo visual. A prevenção se faz através do controle periódico do campo visual, da pressão intraocular e da camada de fibras nervosas da retina. O seu oftalmologista saberá quais exames são importantes em cada caso.

Viva Mais Viva Melhor – O glaucoma tem cura?
Dr. Honassys Rocha – O glaucoma tem controle, ele não tem cura, exceto em casos raros. Nós podemos compará-lo a uma hipertensão arterial, uma diabetes, doenças nas quais existe a necessidade de manutenção do tratamento. É muito importante que o paciente tenha a responsabilidade de fazer o seu acompanhamento no intervalo de tempo recomendado pelo seu oftalmologista. Alguns colírios, bem como o laser, podem ter o seu efeito reduzido com o passar do tempo. Até o momento não existe nenhum tratamento em dose única capaz de curar o glaucoma em definitivo.