NOSSOS VÍDEOS

Vídeo Completo - Série Fertilidade do Casal

 (071) 32... Ver mais >

Série: Fertilidade do Casal

Dr. Joaquim Lopes_Cenafert

Quando um casal, com dificuldades para engravidar, deve buscar auxílio médico?
No Cenafert, recomendamos que a mulher, tendo menos de 30 anos e não possuindo um problema conhecido que a impeça de engravidar (por exemplo: marido vasectomizado), pode aguardar uma gravidez espontaneamente, tranquilamente, por dois anos.
Na faixa de 30 a 35 anos, a espera pelo bebê não deve passar de um ano. E, entre 35 e 40 anos, o casal deve procurar o médico especialista se a gravidez não surgir após seis meses, tendo uma vida sexual ativa e, especialmente, se não estiver utilizando nenhum método para evitar a gravidez.

O casal que está tentando engravidar, sem sucesso, precisa ter relação sexual todos os dias?
Não é necessário ter relação sexual, diariamente, se essa não for a rotina e o desejo do casal. A maioria dos casais, que tiveram os filhos que planejaram ter, possuem um ritmo de coitos de 2 a 3 vezes por semana.
É fato conhecido que o espermatozoide sobrevive no colo uterino, após uma relação no período fértil, por até três dias. Isso porque o muco cervical (parece uma clara de ovo, que a mulher elimina, pela vagina, no período da ovulação) abriga e protege os espermatozoides, de modo que eles sobrevivem longamente.
Muitos casais inférteis, erroneamente, concentram as relações no período fértil, passam a ter relações diárias nessa fase do ciclo menstrual. Muitas vezes, sem o menor desejo sexual, apenas porque julgam necessário o relacionamento sexual com muita frequência.
Quando a gravidez chega logo, tudo bem. Mas, com o tempo, essas relações forçadas (e desnecessárias) produzem um desgaste emocional do casal, propiciando desajustes na vida conjugal.

Qual a orientação para mulheres que só decidem engravidar após os 40 anos?
Nessa faixa de idade, a mulher deve buscar de imediato a ajuda de um especialista para pesquisar sua condição de fertilidade. Isso porque, após os 40 anos, as chances de engravidar, espontaneamente, reduzem-se rapidamente. Se a avaliação médica identifica algum problema na mulher ou no seu parceiro, deve, imediatamente, buscar um tratamento médico especializado de imediato. Infelizmente, até mesmo os tratamentos com reprodução assistida são afetados pela idade da mulher. A idade do homem também pesa na balança com passar dos anos, entretanto, essa condição é mais evidente no sexo feminino. A mulher já nasce com os óvulos que vai usar durante a vida e, ao esgotarem-se, entra na menopausa. Mas, muitos anos antes da mulher entrar na menopausa, os óvulos restantes já são pouco férteis. Por outro lado, com os homens é diferente, ele produz, ao longo da vida, um novo estoque de espermatozoides a cada três meses. Esse fato explica porque homens, de idade mais avançada, como o grande pintor espanhol Pablo Picasso, foi pai aos 70 anos.

Quando a mulher não consegue engravidar, onde está o problema?
Em 40% das vezes o problema é feminino. Igualmente, em 40% dos casos o problema é masculino. E em 20% dos casais inférteis, existem problemas em ambos parceiros, que podem estar dificultando a chegada do bebê.

Quais as causas mais frequentes, quando o problema da infertilidade está na mulher?
As disfunções dos ovários, como a síndrome dos ovários policísticos, afetam a ovulação e representam uma causa que não é rara. A endometriose, uma enfermidade ocasionada pelo sangue menstrual, que em vez de descer pela vagina, reflui para o interior do abdome através das trompas, é muito frequente. Esse sangue coletado mensalmente, fica retido em volta dos ovários, útero e trompas. Em consequência, afeta o funcionamento desses órgãos e compromete a fertilidade.
Outro fator que pode afetar a fertilidade feminina são as sequelas de infecções genitais. Essas sequelas, muitas vezes, agridem as trompas levando a obstrução das mesmas, ou a formação de aderências, que fixam as trompas e impedem que recolham os óvulos nos ovários, no momento da ovulação.

Por que o homem, que tem ereção e ejaculação normais, pode não conseguir engravidar a parceira?
Uma das principais razões da infertilidade masculina é um problema denominado varicocele. Representa o surgimento de veias dilatadas em volta dos testículos que, entre outros problemas, ocasionam aumento de temperatura na bolsa escrotal e prejudicam os espermatozoides.
Existem, ainda, as infecções que, entre outros efeitos, podem levar a obstrução dos canais onde transitam os espermatozoides (condutos deferentes) e, consequentemente, impedem ou dificultam a liberação dos mesmos no momento da ejaculação.
A vasectomia, por outro lado, é hoje uma causa frequente entre casais com problemas de infertilidade atendidos no Cenafert. Nesse caso, o cirurgião, a pedido do paciente, bloqueia cirurgicamente a passagem dos espermatozoides pelos canais deferentes. O vasectomizado continua tendo ejaculação, mas o líquido ejaculado não contém espermatozoides
Também o fumo, maconha, os anabolizantes e drogas ilícitas, bem como, bebida alcoólica em demasia, afetam a fertilidade do homem.

O que o senhor sugere para a mulher que está passando dos 30 anos e não quer ou não pode engravidar num futuro próximo?
Ela deve procurar um ginecologista, com formação em reprodução humana, ou mesmo um especialista em medicina reprodutiva, para investigar o seu potencial reprodutivo. Esse estudo avalia o aparelho reprodutor como um todo.
Existem exames, hoje, que preveem a ocorrência da menopausa até 13 anos antes que a mesma aconteça. São pesquisas simples, disponíveis a todos os médicos e que permitem avaliar, entre outros aspectos, a reserva ovariana.
Quando há risco de esgotamento da reserva ovariana e a mulher quer adiar a maternidade para um momento futuro da sua vida, recomenda-se que ela congele óvulos para utilizar quando decidir ter filhos, mantendo viva a possibilidade de ser mãe. Essa alternativa é oferecida no Cenafert e bastante utilizada pelas mulheres atualmente. O congelamento deve ser feito, preferencialmente, antes dos 38 anos.