NOSSOS VÍDEOS

Vídeo Completo Série Câncer de Pulmão

 (071) 40... Ver mais >

Quais são os fatores de risco para câncer de pulmão?

O principal fator de risco para câncer de pulmão é o cigarro, 90% dos casos de câncer de pulmão estão relacionados ao cigarro. Existem inclusive alguns tipos de câncer de pulmão que só acontecem em fumantes. No entanto, existem outros fatores, como a exposição a poluição ambiental, asbestos e a idade avançada.

 

Pessoas não fumantes podem ser diagnosticadas com o câncer de pulmão?

Sim, pessoas não fumantes podem ser diagnosticadas com câncer de pulmão e infelizmente o número de casos em não fumantes tem aumentado bastante em todo o mundo, então é importante que pacientes que desenvolvam sintomas respiratórios prolongados procurem imediatamente atenção médica.

 

Quais os métodos para diagnosticar câncer de pulmão?

O câncer de pulmão é diagnosticado através de exames radiológicos, o principal deles é a tomografia computadorizada. Existem, inclusive, estudos que mostram um benefício de sobrevida para pacientes fumantes que são submetidos a tomografias anuais para rastreamento do câncer de pulmão.

 

Quais as modalidades de tratamento do câncer de pulmão?

As principais modalidades de tratamento do câncer de pulmão são a cirurgia, a quimioterapia e a radioterapia. O planejamento do tratamento vai depender do estadiamento do paciente. O que é o estadiamento? É o grau de envolvimento da doença. Então se o paciente tem uma doença localizada, ele geralmente é operado primeiro e depois esse tratamento é complementado, ou não, com quimioterapia ou radioterapia. Se o paciente tiver uma doença inoperável ou por questões clínicas ou porque a doença já está muito avançada, ele então vai diretamente para a quimioterapia ou para radioterapia.

 

Como a terapia alvo pode ser utilizada no câncer de pulmão?

A terapia alvo mudou a história natural do câncer de pulmão. O que é a terapia alvo? Existem células neoplásicas que possuem alvos específicos, ou na superfície ou dentro da célula. Existem medicamentos que foram desenvolvidos para atingir esses alvos e matar essas células apenas e não matar outras células do organismo. Com isso nós temos conseguido prolongar muito a vida dos pacientes e principalmente com uma qualidade de vida muito bacana.

 

Qual o papel da imunoterapia no câncer de pulmão?

Quando o indivíduo desenvolve câncer existe um adormecimento do sistema imunológico. O sistema imunológico é o sistema responsável por erradicar as células alteradas do nosso organismo. A imunoterapia consegue resgatar esse sistema imunológico, acorda-lo e fazer com que ele mesmo lute com as células neoplásicas. Fazendo com que em vários casos essas células sejam erradicadas.