NOTÍCIAS VIVA MAIS

Tratamento ortodôntico não termina quando o aparelho é removido

Especialidade da Odontologia que corrige a posição dos dentes e dos ossos maxilares, a Ortodontia é mais que um sorriso bonito. Além de prejudicarem a aparência, dentes mal posicionados são capazes de causar dores de cabeça, desgaste prematuro dos dentes, prejuízo na mastigação, dentre outros. Apesar de corrigir todos esses problemas, várias questões vêm à cabeça de quem precisa usar aparelhos ortodônticos. Será que vai doer? Por quanto tempo terei que usar? Vou ter que mudar meus hábitos alimentares?  

Má oclusão é qualquer desvio de um relacionamento normal do encaixe correto entre os dentes. Portanto, uma boa oclusão vai permitir uma boa higienização dos dentes, vai auxiliar nos tratamentos restauradores e reabilitadores, como a colocação de próteses, implantes e outros procedimentos. Apenas o Ortodontista ou Dentista poderá determinar se ao paciente está indicado ou não ao tratamento. Alguns fatores podem ser observados tais como o apinhamento dos dentes, os espaços que podem aparecer - os diastemas - ou desvios de linha média.

Saiba mais:
Saúde bucal: Qual a importância de uma boa oclusão?
Após retirar o aparelho, é possível os dentes voltarem a ficar tortos?

O estudante, Guilherme Vieira, de 17 anos, precisou usar aparelho nos dentes muito cedo. “Eu comecei a usar o aparelho com 12 anos de idade e fiz tratamento durante quatro anos. Precisei colocar aparelho fixo porque a disposição do meus dentes na arcada dentária era irregular e muito separada, além de, aos 2 anos, eu ter caído e traumatizado os meus dentes frontais. Atualmente, uso um aparelho móvel para manter os dentes no lugar”.

A odontologista Priscila Siquara, especialista em Ortodontia, revela que não adianta pressa para corrigir as imperfeições nos dentes, “um tratamento ortodôntico completo dura em média de dois a três anos. Existem casos que fogem desta média e é difícil se estimar um tempo preciso”. Porém, o paciente fica mais tranquilo quando percebe o início dos resultados, “geralmente ocorre uma melhora na autoestima a partir do momento em que ele vai percebendo o resultado do tratamento ortodôntico”, finaliza.

E foi assim com Guilherme, que se diz muito satisfeito com os resultados: “Quando fiz a retirada do aparelho, me senti muito bem, o resultado foi extremamente satisfatório e me senti muito aliviado por não ter que ficar tendo trabalho com a limpeza e manutenção do aparelho”.