NOTÍCIAS VIVA MAIS

Câncer de Ovário: Você sabe como tratar esse tipo de tumor?

Apesar de ser pouco frequente, o câncer de ovário é o tumor, que atinge o aparelho reprodutor feminino, mais difícil de ser diagnosticado e o de menor chance de cura. Segundo informações do Instituto Nacional do Câncer (INCA), cerca de 3/4 dos cânceres desse órgão apresentam-se em estágio avançado no momento do diagnóstico. No Brasil, são estimados cerca de 5.680 novos casos por ano.

O tratamento do câncer de ovário é multidisciplinar, porém, tem como um dos pilares principais, a cirurgia, que tem dois objetivos importantes: o correto estadiamento do tumor e a citorredução (diminuição da quantidade de doença). Essa cirurgia envolve a histerectomia ou retirada do útero, porém, em mulheres jovens e com a doença confirmada apenas em um dos ovários, ou seja, aquelas pacientes com a doença em fase inicial e que tenham o desejo de manter a fertilidade, tanto o útero quanto o outro ovário, que não têm a doença, podem ser preservados. 

A cirurgia pode ser realizada da forma convencional, via laparotômica, ou por laparoscopia, cirurgia minimamente invasiva. Ela tem que ser realizada por cirurgião treinado e qualificado para a realização do procedimento oncológico. Sabe-se, através de vários estudos, que o tratamento inicial, realizado de forma inadequada, resulta em pior prognóstico, com redução importante na qualidade de vida e no tempo de sobrevida das pacientes. (Dr. Fábio Neves, médico especialista em cirurgia oncológica)

É importante lembrar, que o tratamento do câncer deve ser individualizado, para tentar oferecer o melhor para cada paciente.