NOSSAS ENTREVISTAS

Vídeo Completo - Série Câncer de Esôfago

 (071) 40... Ver mais >

O que é o esôfago?

O esôfago é o tubo que leva os alimentos da boca até o estômago. Ele começa na garganta, atravessa todo o tórax e termina na “boca do estômago”.

O que é o câncer esôfago?

É o crescimento desordenado das células que revestem o esôfago.Existem dois tipos principais: o carcinoma de células escamosa que envolve os primeiros 2/3 e o adenocarcinoma que acomete o terço final do esôfago.

O que causa o câncer de esôfago?

Os principais fatores causadores do câncer de esôfago é o cigarro, a bebida alcóolica em excesso, a obesidade e o refluxo gastroesofágico.

Quais são os sintomas mais comuns do câncer de esôfago?

Os sintomas mais comuns do câncer de esôfago são a dificuldade de engolir, que se inicia com alimentos sólidos, mas progride até os líquidos, podendo causar vômitos ou engasgos após a alimentação; dor ao engolir, perda de peso e vômitos com rajas de sangue também podem acontecer.

Como diagnosticar o câncer de esôfago?

O diagnóstico do câncer de esôfago é feito através da endoscopia, que é o procedimento que se introduz um tubo com uma câmera na ponta. Além de visualizar o tamanho e a localização da lesão, ela permite que seja removido pequeno fragmento para analise, biópsia. É através da biópsia que confirmamos o diagnostico de câncer e definimos o tipo de tumor.

Como é feito o estadiamento do câncer de esôfago?

Após o diagnóstico do câncer, que é feito através da biópsia, o segundo passo é definir o estadiamento, ou seja a extensão da doença. Para o estadiamento, além das informações oriundas da endoscopia, são solicitados exames de sangue, tomografias do tórax e abdômen e em alguns casos ultrassom endoscópico, PET-CT e broncoscopia. O ultrassom endoscópico ajuda na visualização da parede do esôfago e dos linfonodos periesofágicos. O PET-CT, como avalia todos os órgãos, ajuda a afastar doença metastática. E a broncoscopia é indicada para tumores que envolvem a árvore respiratória.

Quais as modalidades de tratamento do câncer de esôfago?

Existem três tipos principais de modalidades para o tratamento do câncer de esôfago: cirurgia, quimioterapia e radioterapia. Elas podem ser usadas isoladamente ou em combinação a depender da extensão da doença, ou estadiamento.

Como é feito o tratamento do câncer de esôfago?

O tratamento depende da localização e da extensão da doença, tipo da lesão ao microscópio, condições clinicas do paciente, como por exemplo: idade e doenças associadas, e da disponibilidade de tratamentos. Para aqueles pacientes com doença muito precoce, ou seja restrita a mucosa, a remoção da lesão por endoscopia ou por cirurgia, pode ser o suficiente. Para lesões mais avançadas, porém ainda restrita a parede do esôfago a cirurgia isolada ou precedida da combinação de radioterapia associada a quimioterapia pode ser a melhor opção em centros com experiência no tratamento desta doença. Em tumores do tipo células escamosas, que desaparece completamente após o tratamento combinado de radio e quimioterapia a cirurgia pode ser evitada. Já nos casos com doença avançada, que se estende para outros órgãos, o tratamento é a base de quimioterapia.

Como prevenir o câncer de esôfago?

Em primeiro lugar não fume, nem beba em excesso, segundo evite a obesidade e trate o refluxo gastroesofágico. tenha uma dieta rica em frutas e verduras e faça o acompanhamento junto com seu médico.