NOSSAS ENTREVISTAS

TEMA - Síndrome do túnel do carpo

 (071) 35... Ver mais >

Viva Mais Viva Melhor – Se você começou e perceber dormência nas mãos, geralmente a noite, ou está com dificuldade de costurar um botão ou segurar uma xícara, deve ficar atento, estes são alguns dos sinais da Síndrome do Túnel do Carpo (STC). É uma complicação músculo-esquelética que se caracteriza pela compressão do nervo mediano, localizado no punho. E, pra conversar conosco sobre esse assunto, hoje nós convidamos o Dr. Jairo Luz Ribeiro, ele é cirurgião plástico e é especialista em cirurgia da mão.
Doutor, explica para os nossos ouvintes, primeiramente, o que é a Síndrome do Túnel do Carpo?
Dr. Jairo Luz Ribeiro – Bom, a Síndrome do Túnel do Carpo é a compressão do nervo mediano ao nível do punho onde ele passa pelo túnel carpeano com mais nove tendões.

Viva Mais Viva Melhor – Bom, e o que a pessoa sente no caso de alguma lesão desta natureza, quais são os sintomas mais comuns desta síndrome?
Dr. Jairo Luz Ribeiro – Os sintomas mais comuns as pessoas podem sentir dormência, dor, queimação, coceira, perda de tato, nos casos mais avançados perda de força, incapacitando ao trabalho.

Viva Mais Viva Melhor – E quais são as causas mais habituais, doutor, da síndrome do túnel do carpo?
Dr. Jairo Luz Ribeiro – Toda causa que aumente a pressão no túnel do carpo, porque no túnel do carpo passam o nervo mediano com nove tendões, tudo que aumente bainha tendinosa nas doenças inflamatórias, artrite reumatoide, presenças metabólicas, diabete, hipotireoidismo, cistos, lipomas do túnel do carpo, sequela de fratura que diminui a luz do túnel, esforço repetitivo entre outras, todas essas causas podem levar a síndrome do túnel do carpo pelo aumento da pressão no túnel carpeano.

Viva Mais Viva Melhor – E quem está mais predisposto a desenvolver a STC? Quais são os fatores de risco?
Dr. Jairo Luz Ribeiro – As pessoas portadoras de diabetes, de hipotireoidismo, pessoas que têm uma postura ruim, tanto pra trabalho, pro lazer, pessoas que executam função em que haja impacto, vibração nos punhos, pessoas que tenham casos de STC na família, existe também uma predisposição genética, que as pessoas estão mais propensas a desenvolver a síndrome do túnel do carpo.   

Viva Mais Viva Melhor – E como é feito o diagnóstico desta doença? Há algum exame que detecte a síndrome do túnel do carpo?
Dr. Jairo Luz Ribeiro – O principal exame para detectar a síndrome do túnel do carpo é o exame físico, é o exame mais importante que tenha soberano. Agora, pode ser detectada, também, pela eletroneuromiografia e pela ultrassonografia.

Viva Mais Viva Melhor – E é importante se fazer este diagnóstico de forma precoce?
Dr. Jairo Luz Ribeiro – De forma precoce tudo que é detectado de forma precoce nós temos uma chance maior de conseguir melhores resultados.

Viva Mais Viva Melhor – E essa patologia tem cura, como é que é feito o tratamento para a síndrome do túnel do carpo?
Dr. Jairo Luiz Ribeiro – A patologia tem cura, como eu já disse, quanto mais precoce o diagnóstico melhor, a gente tem chance de tratar conservadoramente e, a depender do grau de compressão, a gente pode chegar até sem necessidade de tratar via cirurgia.

Viva Mais Viva Melhor – Se não for tratada, doutor, a síndrome do túnel do carpo pode levar a perda dos movimentos, definitivamente, das mãos?   
Dr. Jairo Luz Ribeiro – A perda dos movimentos, a perda do tato, a perda de força pela atrofia muscular pela falta de inervação da musculatura causada pela compressão que essas fibras nervosas sofrem e morrem e não regenera, o paciente começa a sentir dor, muita dormência, principalmente a noite, o que interfere bastante na qualidade de vida dos pacientes. 

Viva Mais Viva Melhor – E quais são os casos em que se recomenda a cirurgia como tratamento para a síndrome do túnel do carpo?
Dr. Jairo Luz Ribeiro – Nos casos em que não respondem ao tratamento conservador e casos crônicos em que já há uma atrofia de musculatura.

Viva Mais Viva Melhor – E como é feita esta cirurgia, doutor. A recuperação por exemplo é muito difícil?
Dr. Jairo Luz Ribeiro – Não, esta cirurgia é uma cirurgia feita com bloqueio do membro superior, ela pode ser feita de duas maneiras, ou aberta ou via endoscopia, no meu caso eu faço mais de 80% por via endoscópica porque é uma via minimamente invasiva, o paciente tem alta no mesmo dia, permite uma boa recuperação da condição e da qualidade de vida.

Viva Mais Viva Melhor – E mesmo se submetendo a cirurgia existe o risco da doença voltar?
Dr. Jairo Luz Ribeiro – Existe, existe o risco da doença voltar pode haver uma recidiva, embora é um percentual muito baixo, nós passamos as vezes 1 ano, 2 anos sem fazer uma reabordagem de túnel do carpo, a recidiva é muito pouca.

Viva Mais Viva Melhor – Bom Doutor, pra finalizar tem como prevenir a síndrome do túnel do carpo?
Dr. Jairo Luz Ribeiro – Sim, evitando posturas inadequadas, tanto no trabalho quanto no lazer, observar intervalos ao executar tarefas, sempre intervalos de descansos de 10 minutos após 50 minutos, alongamentos antes, durante e depois de executar tarefas.

Viva Mais Viva Melhor – OK. Conversamos com o Doutor Jairo Luz Ribeiro, cirurgião plástico, especialista em cirurgia da mão. Doutor muito obrigado , até a próxima.